EM. IR ANTÔNIO FRANCISCO DOS PASSOS REPRESENTOU O MT NO DECIMO ANIVERSÁRIO DO GRANDE ORIENTE DO BRASIL - ACRE

Dia 24/08/2018, foi celebrada a entrega de comendas no templo da Loja 07 de Setembro Nº 2092, ás 22h foi realizado o Baile de Gala no Afa Jardim, Local para eventos em Rio Branco, Acre, em comemoração pelos dez anos da sua implantação, em 13/06/2018, do Grande Oriente do Brasil - Acre, tendo na 3ª Gestão Administrativa do Grande Oriente do Brasil – Acre (2015-2019), ocupa o cargo de da Grão-Mestre Estadual o Eminente irmão José Rodrigues Teles e o de Grão-Mestre Estadual Adjunto o Poderoso irmão Adelson Ferreira da Cruz, estando presente as autoridades maçônicas:
Eminentes Irmãos Sérgio Ruas - Presidente do STEM; 
Paulo Barcellos Gatti Ministro do STEM, 
Em. Ir. Antonio Francisco dos Passos - Grão Mestre Estadual do GOB/MT; 
Em. Ir. José Antônio Dias Soares - Grão Mestre Estadual do GOB/PI; 
Em. Ir. Raimundo Nonato Rodrigues Coelho - Grão Mestre Estadual do GOB/RR; 
Em. Ir. Fernando Colacioppo Secretário Geral de Comunicação e Informática Adj. do Grande Oriente do Brasil,  
Secretários Estaduais;
Entre outras autoridades, deputados federais, deputados estaduais, mestres instalados, mestres, companheiros e aprendizes.

HISTÓRICO DO GRÃO-MESTRADO DO GOB-ACRE

A presença do Grande Oriente do Brasil no Estado do Acre remonta ao final do século retrasado e início do século passado, quando a Loja União Acreana, hoje denominada Loja Bandeirantes do Acre e jurisdicionada à Grande Loja do Estado do Acre, foi fundada no Município de Xapuri, em 02 de junho de 1904,. Depois tivemos cronologicamente a fundação das Lojas Igualdade Acreana, de Rio Branco, Fraternidade Acreana, de Cruzeiro do Sul, Fraternidade e Trabalho, de Sena Madureira, Libertadora Acreana, de Tarauacá e Teresa Cristina, de Brasiléia, todas ainda vinculadas ao Grande Oriente do Amazonas, entidade maçônica regional federada ao Grande Oriente do Brasil. 
O conhecido cisma maçônico de 1927chegou com alguns anos de atraso ao Estado do Acre, mas causou o desligamento de cinco dessas seis Lojas do Grande Oriente do Brasil, que passou a ter a Loja Fraternidade Acreana como única oficina jurisdicionada no extremo norte do país – leia-se Acre, Rondônia e Amazonas.

O Grande Oriente do Brasil iniciou sua reconstrução e fortalecimento em nosso Estado logo em seguida, com a fundação das Lojas Vanguardeiros do Juruá, em 1970 e Marechal Taumaturgo de Azevedo,em 1972,ambas em Cruzeiro do Sul e, em 1974 criou e instalou a Delegacia Regional do Grão-Mestrado Geral do GOB no Acre. Em 1976, o município de Rio Branco voltou a ter uma Loja do Grande Oriente do Brasil, com a fundação da Loja Sete de Setembro e na sequencia, em 1977, fundou-se também a Loja Liberdade Acreana, e em 1987, foi fundada a Loja Barão do Rio Branco. Advieram depois as Lojas Estrela do Acre, em 1999 e Adolfo Barbosa Leite, Acácia Acreana e Vigilantes da Fronteira, todas no ano de 2000. A Loja Universitária Professora Carmem Silvia de Albuquerque Feitosa foi, então, a última a ser fundada antes da transformação da Delegacia Especial no Grande Oriente do Estado do Acre, atingindo o número de 11 lojas espalhadas pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Senador Guiomard, Capixaba, Acrelândia e Bujari.

Com o advento da assembleia constituinte maçônica de 2006, que visava adequar nossa legislação maior à nova era de modernidade empreendida no GOB e às novas leis civis brasileiras, surgiram projetos para dinamizar a Ordem Maçônica Gobiana e com ela a oportunidade de criação do Grão-Mestrado do GOB no Acre, o que foi aprovado pela assembleia constituinte, que fez constar no art. 145 da atual Carta Magna Maçônica o seguinte mandamento: “A Delegacia Regional do Estado do Acre, publicada a presente Constituição, passará a constituir-se como Grande Oriente do Estado do Acre”. E isso se concretizou no centésimo octogésimo quinto aniversário do Grande Oriente do Brasil, a 17 de junho de 2007, data da promulgação da Constituição do GOB. 

Nesse período de administração estadual – Delegacia Especial, em que a função de Delegado recaia sobre um irmão escolhido pelo Grão-Mestre Geral, após indicação dos irmãos da jurisdição, exerceram esse mister os irmãos João Craveiro Costa, Francisco Taumaturgo, Antônio de Souza Brito, João Guedes Filho, José Augusto de Araújo Rodrigues e Jorge Rodrigues da Silva.

Finalmente, em 13 de junho de 2008, instalou-se oficialmente o Grande Oriente do Brasil – Acre, tendo como Grão-Mestre o Eminente irmão José Augusto de Araújo Rodrigues e Grão-Mestre Adjunto o Poderoso irmão José Rodrigues Teles, que viriam ainda a ser reeleitos para a 2ª gestão administrativa no quadriênio 2011-2015.

Hoje, na 3ª Gestão Administrativa do Grande Oriente do Brasil – Acre (2015-2019), ocupa o cargo de da Grão-Mestre Estadual o Eminente irmão José Rodrigues Teles e o de Grão-Mestre Estadual Adjunto o Poderoso irmão Adelson Ferreira da Cruz.

Face do GOB-AC: https://www.facebook.com/Grande-Oriente-do-BrasilAcre-1862265410581638/ 

Município Rio Branco/AC

Rio Branco é um município brasileiro, capital do estado do Acre, na Região Norte do país e principal centro financeiro, corporativo e mercantil do estado. Distante 3 030 quilômetros de Brasília, capital federal, localiza-se às margens do Rio Acre.
Sua população, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 383 443 habitantes, fazendo de Rio Branco a sexta cidade mais populosa da Região Norte do Brasil. Sua área territorial é de 8 834,942 km², sendo o quinto município do estado em tamanho territorial. De toda essa área, 44,9559 km² estão em perímetro urbano, o que classifica Rio Branco como sendo a 62ª maior do país.
Vista parcial do centro de Rio Branco
Sendo a segunda capital mais antiga da Amazônia Ocidental Brasileira - A primeira sendo Manaus - O povoamento da região de Rio Branco se deu no início do século XIX, com a chegada de nordestinos. O desenvolvimento do município ocorreu durante um grande período dado pelo Ciclo da Borracha. Nesta época ocorreu ainda uma miscigenação da população, com traços do branco nordestino com índios Kulinaã, sendo que houve também influência de povos vindos de outras regiões do mundo, como turcos, portugueses, libaneses e outros.

Maiores informações: www.redecolmeia.com.br (crédito)














Endereço: Av. Historiador Rubens de Mendonça,1560 Bairro Morada da Serra CPA I CEP 78055-000 Cuiabá-MT
Fone: (65) 3641-0540