GOB-MT na XIII Convenção do Rito Brasileiro


O Grande Oriente do Brasil - Mato Grosso estará representado na XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro, que será realizada em Florianópolis-SC, nos dias 06 e 07 de maio, na pessoa do Grão Mestre Interino Ivo Matias. 
O Grão Mestre Interino, imbuído da preocupação em incentivar e apoiar a criação e fundação de Núcleos Apejotistas, no âmbito das oficinas jurisdicionadas ao GOB-MT estará formulando proposta ao plenário, visando que os Servidores da Ordem, da Pátria, da Família e da Humanidade do Rito Brasileiro sejam multiplicadores desta importante instituição jenuinamente gobiana, fundada nos idos de 15 de abril de 1983, pela Lei no.02/1983.
Leia a propositura a ser apresentada ao plenário da XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro:
XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro
07/MAIO/2011- Florianópolis-SC

Popositura:

Compromisso dos Servidores, Guardiões da Ordem, da Pátria, da Família e da Humanidade: incentivar, no limite das possibilidades, que todas as Lojas e Irmãos praticantes do Rito Brasileiro assumam comprometimento inarredável de adotar gestões de efetivo incentivo e irrestrito apoio à fundação de Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil-APJ, no âmbito de suas Oficinas jurisdicionadas.

Justificativa:
Não podemos negar que a instituição família, tal qual a conhecemos, nas últimas décadas vem sendo vítima do avassalador progresso material, mormente pela chamada globalização, dos avanços das comunicações em geral e a priorização avarenta do homem pelo ter do que pelo ser.

Há décadas nossa juventude, por força de uma ordem política perversa, teve frustrados seus sonhos, minando a capacidade de formação de lideranças sociais verdadeiramente comprometidas com os valores morais, sociais, patrióticos, éticos e de cidadania do povo brasileiro.

Por conta destes e tantos outros fatores, assistimos estarrecidos homens públicos fazendo má versação dos recursos públicos, com total desrespeito com a coisa pública, muitas vezes apropriando-se de recursos da educação, da saúde e da segurança pública. 
Nossas crianças, adolescentes, jovens e nossas famílias tornam-se reféns de bandidos facínoras e quadrilhas organizadas que impõe à sociedade, o câncer social do consumo de uma série de drogas ilícitas, que corroem a saúde e a boa formação de nossa maior reserva moral do futuro.

Essa dura realidade está latente aos nossos olhos em nosso meio e vivemos a todo instante a reclamar e lamentar esta vergonha nacional. E o que nós maçons, homens livres e de bons costumes, servidores da Pátria e da humanidade estamos fazendo, para ao menos tentar transformar este estado de coisas? Muito pouco; quase nada!

A solução, a meu sentir só é possível a médio e longo prazo e principia pela educação e formação de nossas crianças e jovens, despertando nessa promissora geração futura, os valores de família, de formação ética, moral e cívico patriótica.

Neste particular, o Grande Oriente do Brasil possui há mais de 28 anos, o que considero a maior oportunidade às Lojas e porque não dizer aos Graus Capitulares, para tomar uma atitude da mais alta relevância social, e, por incrível que pareça, a maioria de nossas Lojas e irmãos a ignoram: trata-se da Ação Paramaçônica Juvenil.

“A Maçonaria não tem Pátria, mas os Maçons a tem.”
(Álvaro Palmeira)

Afinal então o que é a Ação Paramaçônica Juvenil-APJ?
É uma legítima entidade paramaçônica fundada pelo Grande Oriente do Brasil, através da Lei no.02 de 15 de abril de 1983. Portanto há mais de 28 anos! A APJ está ínsita no artigo 137 da Constituição Federal do GOB e nos termos do artigo 4º: “Todas as Lojas do GOB e todos os maçons são co-responsáveis pela fundação, apoio e interesse pelos Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil.”-grifamos-

Dispõe o artigo 34 do Regulamento Geral da APJ:
“A APJ/GOB é parte integrante do conjunto de ações a serem realizadas nas Lojas Maçônicas, com apoio e comprometimento dos Veneráveis/Presidentes, sem os quais o desenvolvimento fica prejudicado e a fundação de Núcleos deve envolver Lojas, Grandes Orientes Estaduais e Delegacias, como um dos trabalhos prioritários do GOB.”-grifamos-

O saudoso irmão José Castellani, um dos maiores estudiosos da Maçonaria disse: ”Considero a Ação Paramaçônica Juvenil, a máxima obra maçônica contemporânea.”

Adison do Amaral, idealizador e precursor desta maravilhosa instituição genuinamente gobiana entitula seu livro sobre a APJ com a seguinte legenda:
“Projeto Maçônico do Século”.
A APJ é reconhecida pelo Poder Público Brasileiro como penhor à concessão de Utilidade Pública Federal ao Grande Oriente do Brasil. Nosso irmão Mozarildo Cavalcanti, Senador da República Brasileira, incluiu a Ação Paramaçônica Juvenil, como método complementar de formação moral, cívica e patriótica da Juventude brasileira. Ela é a dignidade do País em nossas mãos. E os irmãos o que acham? 
O eminente irmão Guilherme Fagundes de Oliveira, Relator da Comissão redatora do Regulamento Geral da APJ definiu a instituição como “... escola de vida, fonte de civismo, berço da mais sadia nacionalidade.”

Todos sabemos que o Rito Brasileiro foi concebido à luz da conciliação da tradição com a evolução. Toda nossa doutrina e filosofia são voltadas fundamentalmente, em defesa da causas nacionais, na formação humanista do homem, na defesa da família, na cultura do civismo e do patriotismo.

Proposta:  Meus irmãos: Meu maior sonho é a concretização dos ideais Apejotistas! Por tais e tão relevantes razões, tratando-se este evento de uma CONVENÇÃO, proponho a esta seleta assembléia de maçons, que seja a presente propositura submetida a aprovação e que uma vez aprovada, seja a Comissão Organizadora desta Convenção encarregada de divulgar a todas as Oficinas Litúrgicas do Rito Brasileiro, com cópia desta proposta, como uma convenção de expressa recomendação, visando motivar e incentivar as Lojas Maçônicas a fundar e apoiar de forma irrestrita os Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil.

Ivo Matias – Gr.’.33
Excelso Colégio Vale da Razão
Egrégio Mestre
Grão Mestre Interino
Grande Oriente do Brasil - Mato Grosso  

Editado por Ivo Matias, Grão Mestre Interino e Publicado pela Secretaria de Comunicação e Informática do GOB - MT 
 

Endereço: Av. Historiador Rubens de Mendonça,1560 Bairro Morada da Serra CPA I CEP 78055-000 Cuiabá-MT
Fone: (65) 3641-0540