GOB-MT na XIII Convenção do Rito Brasileiro


O Grande Oriente do Brasil - Mato Grosso estará representado na XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro, que será realizada em Florianópolis-SC, nos dias 06 e 07 de maio, na pessoa do Grão Mestre Interino Ivo Matias. 
O Grão Mestre Interino, imbuído da preocupação em incentivar e apoiar a criação e fundação de Núcleos Apejotistas, no âmbito das oficinas jurisdicionadas ao GOB-MT estará formulando proposta ao plenário, visando que os Servidores da Ordem, da Pátria, da Família e da Humanidade do Rito Brasileiro sejam multiplicadores desta importante instituição jenuinamente gobiana, fundada nos idos de 15 de abril de 1983, pela Lei no.02/1983.
Leia a propositura a ser apresentada ao plenário da XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro:
XIII Convenção Nacional do Rito Brasileiro
07/MAIO/2011- Florianópolis-SC

Popositura:

Compromisso dos Servidores, Guardiões da Ordem, da Pátria, da Família e da Humanidade: incentivar, no limite das possibilidades, que todas as Lojas e Irmãos praticantes do Rito Brasileiro assumam comprometimento inarredável de adotar gestões de efetivo incentivo e irrestrito apoio à fundação de Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil-APJ, no âmbito de suas Oficinas jurisdicionadas.

Justificativa:
Não podemos negar que a instituição família, tal qual a conhecemos, nas últimas décadas vem sendo vítima do avassalador progresso material, mormente pela chamada globalização, dos avanços das comunicações em geral e a priorização avarenta do homem pelo ter do que pelo ser.

Há décadas nossa juventude, por força de uma ordem política perversa, teve frustrados seus sonhos, minando a capacidade de formação de lideranças sociais verdadeiramente comprometidas com os valores morais, sociais, patrióticos, éticos e de cidadania do povo brasileiro.

Por conta destes e tantos outros fatores, assistimos estarrecidos homens públicos fazendo má versação dos recursos públicos, com total desrespeito com a coisa pública, muitas vezes apropriando-se de recursos da educação, da saúde e da segurança pública. 
Nossas crianças, adolescentes, jovens e nossas famílias tornam-se reféns de bandidos facínoras e quadrilhas organizadas que impõe à sociedade, o câncer social do consumo de uma série de drogas ilícitas, que corroem a saúde e a boa formação de nossa maior reserva moral do futuro.

Essa dura realidade está latente aos nossos olhos em nosso meio e vivemos a todo instante a reclamar e lamentar esta vergonha nacional. E o que nós maçons, homens livres e de bons costumes, servidores da Pátria e da humanidade estamos fazendo, para ao menos tentar transformar este estado de coisas? Muito pouco; quase nada!

A solução, a meu sentir só é possível a médio e longo prazo e principia pela educação e formação de nossas crianças e jovens, despertando nessa promissora geração futura, os valores de família, de formação ética, moral e cívico patriótica.

Neste particular, o Grande Oriente do Brasil possui há mais de 28 anos, o que considero a maior oportunidade às Lojas e porque não dizer aos Graus Capitulares, para tomar uma atitude da mais alta relevância social, e, por incrível que pareça, a maioria de nossas Lojas e irmãos a ignoram: trata-se da Ação Paramaçônica Juvenil.

“A Maçonaria não tem Pátria, mas os Maçons a tem.”
(Álvaro Palmeira)

Afinal então o que é a Ação Paramaçônica Juvenil-APJ?
É uma legítima entidade paramaçônica fundada pelo Grande Oriente do Brasil, através da Lei no.02 de 15 de abril de 1983. Portanto há mais de 28 anos! A APJ está ínsita no artigo 137 da Constituição Federal do GOB e nos termos do artigo 4º: “Todas as Lojas do GOB e todos os maçons são co-responsáveis pela fundação, apoio e interesse pelos Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil.”-grifamos-

Dispõe o artigo 34 do Regulamento Geral da APJ:
“A APJ/GOB é parte integrante do conjunto de ações a serem realizadas nas Lojas Maçônicas, com apoio e comprometimento dos Veneráveis/Presidentes, sem os quais o desenvolvimento fica prejudicado e a fundação de Núcleos deve envolver Lojas, Grandes Orientes Estaduais e Delegacias, como um dos trabalhos prioritários do GOB.”-grifamos-

O saudoso irmão José Castellani, um dos maiores estudiosos da Maçonaria disse: ”Considero a Ação Paramaçônica Juvenil, a máxima obra maçônica contemporânea.”

Adison do Amaral, idealizador e precursor desta maravilhosa instituição genuinamente gobiana entitula seu livro sobre a APJ com a seguinte legenda:
“Projeto Maçônico do Século”.
A APJ é reconhecida pelo Poder Público Brasileiro como penhor à concessão de Utilidade Pública Federal ao Grande Oriente do Brasil. Nosso irmão Mozarildo Cavalcanti, Senador da República Brasileira, incluiu a Ação Paramaçônica Juvenil, como método complementar de formação moral, cívica e patriótica da Juventude brasileira. Ela é a dignidade do País em nossas mãos. E os irmãos o que acham? 
O eminente irmão Guilherme Fagundes de Oliveira, Relator da Comissão redatora do Regulamento Geral da APJ definiu a instituição como “... escola de vida, fonte de civismo, berço da mais sadia nacionalidade.”

Todos sabemos que o Rito Brasileiro foi concebido à luz da conciliação da tradição com a evolução. Toda nossa doutrina e filosofia são voltadas fundamentalmente, em defesa da causas nacionais, na formação humanista do homem, na defesa da família, na cultura do civismo e do patriotismo.

Proposta:  Meus irmãos: Meu maior sonho é a concretização dos ideais Apejotistas! Por tais e tão relevantes razões, tratando-se este evento de uma CONVENÇÃO, proponho a esta seleta assembléia de maçons, que seja a presente propositura submetida a aprovação e que uma vez aprovada, seja a Comissão Organizadora desta Convenção encarregada de divulgar a todas as Oficinas Litúrgicas do Rito Brasileiro, com cópia desta proposta, como uma convenção de expressa recomendação, visando motivar e incentivar as Lojas Maçônicas a fundar e apoiar de forma irrestrita os Núcleos da Ação Paramaçônica Juvenil.

Ivo Matias – Gr.’.33
Excelso Colégio Vale da Razão
Egrégio Mestre
Grão Mestre Interino
Grande Oriente do Brasil - Mato Grosso  

Editado por Ivo Matias, Grão Mestre Interino e Publicado pela Secretaria de Comunicação e Informática do GOB - MT 
 

Endereço: Av. Historiador Rubens de Mendonça,?560? Bairro Morada da Serra CPA I? CEP?8055-000? Cuiab?MT
Fones:?65)?641-0540??65)?997-1788
Not only replica watches uk designs are similar to the originals; even the weight of replica watches are equal to weight of the originals, thus making it more difficult to set them apart from the originals. Therefore, it can be said that just like originals that require quality investment at one time, rolex replica also require one time but a fraction of investment as these watches are less expensive than the originals. So, if you have planned to purchase these replica watches, then search through internet. By making fake breitling search at the internet, you will come across several websites that are providing different kinds of swiss replica watches at affordable rates.